NOTÍCIAS

27

Maio

II Seminário CONSTRUindo – o caminho para construir o novo

Postado em 27 de Maio de 2019

Berenice Stallivieri

Clique sobre a imagem para ampliar

Inovações e normas para construções habitacionais foram temas abordados no dia 22 de maio

Cerca de 150 pessoas entre empresários e estudantes das áreas de construção civil e de arquitetura e urbanismo estiveram reunidos nesta quarta-feira, 22 de março, no Intercity Hotel, para o II Seminário CONSTRUindo, cujo tema nesta edição foi ‘O caminho para construir o novo’. Realizado pelo Sinduscon Caxias, por meio do Sinduscon Caxias Jovem, o evento teve como focos a inovação e as normas para construções habitacionais por meio de três palestrantes renomados nacional e internacionalmente.

Na abertura do evento, o coordenador do Sinduscon Jovem, Jordan de Costa, agradeceu ao Sinduscon Caxias pela oportunidade de integrar a organização do evento e ressaltou a importância da troca de experiências para o desenvolvimento e a retomada do setor da construção civil da cidade.

O presidente do Sinduscon Caxias, Oliver Chies Viezzer, disse que tem convicção que o segmento terá uma retomada sustentável quando a confiança de longo prazo for restabelecida. Viezzer também aproveitou o momento para falar de sua participação no 91º Enic, em que o tema Reforma da Previdência foi abordado pelo presidente da Comissão Especial, deputado Marcelo Ramos. “No entendimento do deputado, a reforma tem tamanha importância para o Brasil como foi o Plano Real”, observou. Diante do cenário brasileiro, Viezzer sugeriu quatro reflexões aos participantes do Seminário. “Eu realmente confio em mim e em meu negócio e consigo transparecer isso aos clientes e colaboradores?; quem realmente é o meu cliente e o que ele valorizará amanhã?; estamos no leme de nosso futuro, ou somos passageiros na viagem de outros?; citando o saudoso Raul Seixas, prefiro ser essa metamorfose ambulante, ou ter aquela velha opinião formada sobre tudo?”.

A primeira palestra da tarde ‘Como vamos viver no futuro - moradias on demand’ foi abordada pelo COO da Housi, do grupo Vitacon, Otto Borges, que apresentou a primeira plataforma 100% digital, chamada Housi, que permite ao cliente alugar um imóvel pelo tempo que quiser, sem burocracia, sem demora, sem fiador, tudo muito rápido. A plataforma está em funcionamento há um ano e, por enquanto, apenas em São Paulo. De acordo com Borges, as mudanças no estilo da população brasileira e mundial têm mudado. “As pessoas estão com outra forma de pensar, focada em experiências, sem vínculos com a aquisição de um imóvel, elas nasceram embarcadas na tecnologia, portanto buscam flexibilidade”. Como conselho para os ouvintes do evento, o COO da Housi destacou que o setor da construção civil precisa se adaptar. “Há um ponto de disrupção do setor em que as burocracias não são mais aceitas, portanto, o modelo imobiliário tradicional precisa mudar porque o modelo de consumo está mudando”, apontou.

A segunda palestra ‘O lado humano da inovação’ foi abordada por Luiz Henrique Ceotto, sennior partner da Tecnoeng Consultoria Empresarial e da Urbic_Inc. Após passar dois anos nos Estados Unidos, no Massachusetts Institute of Technology (MIT), cursando Estratégia e Inovação, Ceotto retornou cheio de boas ideias e percebeu o quanto o Brasil está distante dos conceitos estudados. “Nos EUA a cada US$ 10 investidos na Indústria 4.0, US$ 8 são no ser humano. Só vamos mudar e evoluir se mudarmos a cabeça das pessoas, pois a criatividade é a maior competência do ser humano e é o nosso principal diferencial dos robôs”, ressaltou. Portanto, para Ceotto é fundamental que a construção civil invista em pessoas, no processo de formação de líderes e considere o lado humano no planejamento das empresas. “Como formar líderes no Brasil? Não há uma preocupação, mas é preciso lembrar que para transformar uma empresa é preciso propósito, performance e liderança por princípio”, enfatizou. Além disso, Ceotto enfatizou que o futuro pertence aos mais rápidos e para que as organizações consigam atingir seus objetivos é fundamental que detectem problemas e os solucionem rapidamente; aprendam com seus erros, mantenham aprendizado constante e atenção máxima ao mercado e ao seu entorno; passem a difundir o aprendizado de forma rápida dentro da empresa; tenham uma gestão focada na integração funcional; e foquem seus objetivos e liderança baseada nos valores.

A última palestra contou com a presença de Marcus Daniel Friederich dos Santos, engenheiro civil e sócio-diretor da MMC Lab e da MMC Projetos e Consultoria, que abordou “Principais quesitos da Norma de Desempenho voltados para construção de residenciais”. Em vigor desde 2013, Santos tratou das principais exigências e requisitos que estão registrados na NBR 15.575 e que devem ser seguidas pelas construtoras para todos os tipos e dimensões de construções residenciais no Brasil. Santos ressaltou a importância do impacto que a norma gera nas obras projetadas e entregues posterior a entrada em vigor desta norma em diversas áreas, como acústica, térmica, resistência ao fogo, estanqueidade e outros.

Como fechamento, os palestrantes, juntamente com o presidente do Sinduscon Caxias, participaram de um debate, mediado pelo engenheiro civil e professor da Universidade de Caxias do Sul, Givanildo Garlet. Empresários e estudantes tiveram a oportunidade de realizar questionamentos.

O II Seminário CONSTRUindo contou com o patrocínio master da Sulgás, além do patrocínio das empresas Meber Metais e WIGGA Esquadrias e Revestimentos em PVC. O Seminário tem o Apoio da Pauluzzi Blocos Cerâmicos, Universidade de Caxias do Sul e do ITT Performance da Unisinos.